Copia de Noticia Diarias Post Feed Para Instagram Azul E Vermelho

Graças a fiscalização do CRMV-CE, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça Vinculada de Forquilha, ingressou, dia 02/12, com Ação Civil Pública contra a Prefeitura de Forquilha para que a gestão da cidade regularize a situação do abatedouro municipal, após identificar condições sanitárias precárias envolvendo o abate e a conservação dos produtos de origem animal.

Entre as irregularidades apontadas pelo setor de fiscalização do CRMV-CE, estão a ausência de licença ambiental da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace); a degradação da estrutura física do local; a falta de equipamentos necessários para a refrigeração da carne e para desinfecção dos cascos de animais bovinos, ovinos e caprinos; ausência de medidas de controle de pragas e roedores, de programas de controle de qualidade ou de um Plano de Gerenciamento de Controle de Resíduos Sólidos; e higienização ineficiente de equipamentos e utensílios.

O promotor de Justiça Davi Carlos Fagundes Filho requereu ainda a antecipação total dos efeitos da tutela, a fim de que o abatedouro seja fechado de forma imediata até que as reformas necessárias sejam realizadas.

O MPCE pede ainda que a Justiça só permita a reabertura do abatedouro quando o estabelecimento obtiver a licença ambiental da Semace, passando por uma inspeção prévia do órgão ambiental, do CRMV-CE e da Vigilância Sanitária local, ou caso a Prefeitura firme tratados com outros municípios para que utilize um matadouro compartilhado.

Artigos relacionados
O presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Ceará (CRMV-CE), Francisco Atualpa Soares Júnior, participou da II Câmara Nacional de P...
Continue lendo...
Pesquisadores encontraram, no Ceará, primatas infectados com o Zica vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Dra. Naylê Francelino Holanda Duarte. IN...
Continue lendo...
...
Continue lendo...